Filipe Santos


Nota biográfica

Filipe Santos é doutorado em Sociologia e investigador do Núcleo de Estudos de Ciência, Economia e Sociedade (NECES). Os seus interesses de pesquisa focam as intersecções entre a justiça criminal e a ciência forense, privilegiando abordagens teóricas dos estudos da ciência, tecnologia e sociedade. Os seus artigos mais recentes incluem "Patterns of exchange of forensic DNA data in the European Union through the Prüm system" (2017), "Crime, narrativa e DNA: Os desafios da prova de DNA no processo inquisitorial" (2018), e "The social life of forensic evidence and the epistemic sub-cultures in an inquisitorial justice system: Analysis of Saltão case" (2019). O seu projeto atual (CLINIC) incide sobre o cumprimentos de medidas de segurança por indivíduos considerados inimputáveis.


Últimas Publicações

Artigo em Revista Científica

Costa, Susana; Santos, Filipe (2019), "The social life of forensic evidence and the epistemic sub-cultures in an inquisitorial justice system: Analysis of Saltão case", Science & Justice, 59, 5, 471-479

Ler mais

Artigo em Revista Científica

Canelo, Maria José; Santos, Filipe; Serapioni, Mauro; Solovova, Olga; Peixoto, Paulo; Maeso, Sílvia Rodrigues; Lima, Teresa Maneca; Neves, Vítor (2018), "Portugal - um retrato ainda singular? 40 anos volvidos", e-cadernos CES, 29

Capítulo em Livro

Machado, Helena; Martins, Marta; Santos, Filipe (2018), O "suspeito genético": Desafios bioéticos da partilha transnacional de informação genética forense, in Ana Figueiredo Sol; Steven S. Gouveia (org.), Bioética no Século XXI. Charleston: CreateSpace Independent Publishing, 315-336