RAP
'Raça' e África em Portugal: um estudo sobre manuais escolares de História

Período
1 de setembro de 2008 a 29 de fevereiro de 2012
Duração
42 meses
Financiamento
Fundação para a Ciência e Tecnologia
Resultados

O objectivo deste projecto é compreender de que modo o silenciamento da história de África nos manuais escolares tem ajudado a manter visões estereotipadas sobre África e o 'outro' Negro/africano como não-civilizado, pré- ou a-histórico, e desafiar estas visões. Pretendemos construir uma visão crítica que dialogue com a diversidade de actores envolvidos no processo de produção e circulação dos manuais escolares, identificando e dando visibilidade a práticas e materiais inovadores. Este será o estudo mais completo sobre manuais escolares de História em Portugal de que temos conhecimento, e pretende oferecer uma abordagem teórica inovadora, combinando a Sociologia da Educação relativamente à relação entre poder, cultura e educação (particularmente uma abordagem pós-estruturalista às múltiplas leituras do texto), com os Estudos Pós-Coloniais que pretendem resgatar a História silenciada de África.

Investigadoras/es
Ana Rita Alves
Bruno Andrade
José João Lucas
Maria Paula Meneses
Marta Araújo (coord)
Silvia Maeso
Consultoras/es
Augusto José Monteiro
Michael W. Apple
Palavras-Chave
eurocentrismo em educação, racismo, manuais escolares, África pós-colonial