Gaia Giuliani


Nota biográfica

Gaia Giuliani (Doutoramento: Universidade de Turim, 2005; Pós-doutoramento: Universidade de Bolonha, 2009; Universidade de Tecnologia de Sydney (2010). É investigadora do Centro de Estudos Sociais (CES), Universidade de Coimbra (PT) (2015-2021) e membro fundador do InteRGRace - Interdisciplinary Research Group on Race and Racisms (2014- FISPPA, Universidade de Pádua). No 2018 ela obtive o título de Profesora Auxiliaria em Filosofia politica na Itália (ASN 2017, Italy). No mesmo 2018, ela virou-se Principal investigator do projeto financiado pela FCT "(DE)OTHERING: Desconstruindo o Risco e a Alteridade: guiões hegemónicos e contra-narrativas sobre migrantes/refugiados e "Outros internos" nas paisagens mediáticas em Portugal e na Europa " (2018-2121): POCI-01-0145-FEDER-029997. Foi assistente de investigação em Teoria Política e Estudos Coloniais e Pós-coloniais, na Universidade de Bolonha, Itália, no Departamento de Ciência Política e Social (2013-2015), e orientadora universitária no Departamento de Sociologia da Universidade de Cambridge (2015). Foi Professora Honorária Visitante na Universidade de Tecnologia de Sydney, NSW (2007-2010), na Universidade de Leeds (2013), no Goldsmiths College, Universidade de Londres (2014), no Departamento de Sociologia, Universidade de Cambridge (2017), no Departamento de História, na Universidade Fordham, Nova Iorque (2018) e no Birkbeck Institute for Humanities, Universidade de Londres ( 2018). Entre as suas publicações encontram-se: o livro monográfico de sua autoria "Beyond curiosity. James Mill e la costruzione del governo coloniale britannico in India" (Aracne, 2008); O livro monográfico "Bianco e nero. Storia dell'identità razziale degli italiani" em coautoria com a Dr.ª Cristina Lombardi-Diop (Le Monnier, 2013), galardoado com o Primeiro prémio 2014, na categoria séculos XX e XXI, atribuído pela Associação Europeia de Estudos Italiano; O livro editado "Il colore della nazione" (Le Monnier, 2015), o livro de autor "Zombi, alieni e mutanti. Le paure dall'11 settembre a oggi" (Le Monnier, 2016) e um conjunto de artigos académicos internacionais publicados em revista ou em capítulos de livros, em língua inglesa, sobre construções interseccionais de raça em situações coloniais e pós-coloniais. Em 2018 ela publicou o seu primeiro livro monográfico em Inglés: "Race, Nation, and Gender in Modern Italy: Intersectional Representations in Visual Culture" (Palgrave Macmillan). Em 2020, irá publicar (editora Routledge) o livro monográfico intitulado "Environmental Disasters, Migrations and the War on Terror: A Postcolonial Investigation of Cultural Constructions of Monstrosity". Os seus interesses de investigação centram-se na construção visual de raça e de branquidade, a partir de uma perspetiva intersectional, nos processos de construção das nações britânicas e Italianas e nas experiências coloniais, nos Estados Unidos, no Pacifico e na Europa pós-colonial. A sua metodologia cruza estudos críticos de raça e de brancura, Teoria Pós-colonial, estudos Culturais e de Género, recorrendo a um conjunto de materiais (escritos e visuais; literatura política e científica). Em 2013, ocupou o cargo de Secretária de Editores da revista académica italiana Studi Culturali, e fez parte do Conselho Consultivo Internacional da revista académica australiana Settler Colonial Studies. Em 2013, fez também parte da rede interdisciplinar internacional White Spaces, na Universidade de Leeds. O seu projeto de investigação no CES (2015-) visa conduzir uma análise critica do discurso de textos que codificam o 'medo de catástrofes e crise', e os seus impactos culturais, sociais e políticos na autorrepresentação europeia, no que diz respeito à formação racial e 'fantasia branca'. De forma a compreender como e até que ponto o 'medo de catástrofes' pode gerar uma autorrepresentação europeia, investiga a codificação emocional de 'alteridade' e 'mesmice' existentes numa Europa moderna unificada.


Últimas Publicações

Artigo em Revista Científica

Giuliani, Gaia (2018), "Razza cagna: mondo movies, the white heterosexual male gaze, and the 1960s-1970s imaginary of the nation", Modern Italy, 23, 4, 429-444

Ler mais

Artigo em Revista Científica

Giuliani, Gaia; Barbora, Monica Di; Perilli, Vincenza; Njegosh, Tatiana Petrovich; Polizzi, Goffredo (2018), "Tavola Rotonda. Visualizzare la Razza e Costruire la Bellezza in Italia (1922-2018)", Italian Studies, 73, 4, 432-460

Ler mais

Livro

Giuliani, Gaia (2018), Race, Nation and Gender in Modern Italy. Intersectional Representations in Visual Culture. Palgrave Macmillan UK

Ler mais