Gaia Giuliani


Nota biográfica

Gaia Giuliani é investigadora permanente do CES (2018-), Professora Associada em Filosofia Política (Itália: ASN 2017), membro fundador de InteRGRace - Interdisciplinary Research Group on Race and Racisms (2014-) e membro dos Conselhos Cientificos da revista internacional "Socioscapes. International Journal of Societies, Politics and Cultures" (http://www.pmedizioni.it/collana/socioscapes-international-journal-of-societies-politics-and-cultures/), da revista internacional baseada em Itália "Studi Culturali" (https://www.mulino.it/riviste/issn/1824-369X) e da rivista internacional online baseada em Itália "Europeansouth" (europeansouth.postcolonialitalia.it). Doutorou-se na Universidade de Turim (2005) e realizou pós-doutoramentos na Universidade de Bolonha (2007-2009), na Universidade de Tecnologia de Sydney (2009-2010) financiado pelo governo australiano [Endeavour Research Fellowship], e no Centro de Estudos Sociais (CES) - Universidade de Coimbra (PT) (2015-2019) financiado pela FCT. Foi assistente de investigação em Teoria Política e Estudos Coloniais e Pós-coloniais, no Departamento de Ciência Política e Social (2009-2015) da Universidade de Bolonha. No ambito de suo ensino no curso de Estudos colonias e póscoloniais, ela recebeu em 2009 o premio de excelencia no ensino universitario de parte da representancia da Universidade de California na Universidade de Bolonha. Foi orientadora universitária [undergraduate supervisor] para o curso em "Race, Ethnicity and Racism" no Departamento de Sociologia da Universidade de Cambridge (2014-2015). Desde 2016 ela da regularmente aula nos coursos de doutoramento (Pós-Colonialismos e Cidadania Global; Human rights; Democracy in the 21st century) do CES. Nos anos eleitivos 2018-2019 e 2019-2020 ela foi titolar do modulo "The semantics of racism in contemporary European and broadly Western contexts: intersectionality and the colonial archive" do Master internacional "Issues on Sociology of Politics and Democracy" da Facultade de Economia (FEUC) da Universidade de Coimbra. Os seus interesses de investigação centram-se, a partir de uma perspetiva intersecional, na construção visual de raça e de branquitude nos processos de construção das nações britânica e italiana e nas experiências coloniais nos Estados Unidos, no Pacífico e na Europa pós-colonial. A investigação que realiza no CES (2015-) visa uma análise crítica do discurso em textos que codificam a monstruosidade racializada e genderizada e o 'medo de catástrofes e crise' e os seus impactos tanto simbólicos como materiais no contexto da guerra ao terror, das chamadas crises dos migrantes e refugiados e da auto-representação da Europa e do Ocidente. A sua metodologia cruza Filosofia Política, Estudos Críticos de Raça e de Branquitude, Teoria Pós-colonial, Estudos Culturais e de Género e centra-se na análise de materiais visuais. Em 2018, teve início o projeto FCT que coordena como PI: "(DE)OTHERING: Desconstruindo o Risco e a Alteridade: guiões hegemónicos e contra-narrativas sobre migrantes/refugiados e 'Outros internos' nas paisagens mediáticas em Portugal e na Europa " (2018-2121): POCI-01-0145-FEDER-029997. https://deothering.ces.uc.pt/en_GB/ . Desde 2020 é membro do Management Committee do COST Action CA19129 - Decolonising Development: Research, Teaching and Practice (2020-2024)https://www.cost.eu/actions/CA19129/#tabs|Name:overview. Entre as suas publicações destacam-se: a monografia da sua autoria "Beyond curiosity. James Mill e la costruzione del governo coloniale britannico in India" (Aracne, 2008); a monografia "Bianco e nero. Storia dell'identità razziale degli italiani", em coautoria com Cristina Lombardi-Diop (Le Monnier, 2013), estudo galardoado com o Primeiro Prémio 2014, na categoria séculos XX e XXI, atribuído pela Associação Americana de Estudos Italianos (AAIS); o volume "Il colore della nazione" (Le Monnier, 2015) e o livro de autor "Zombi, alieni e mutanti. Le paure dall'11 settembre a oggi" (Le Monnier, 2016). Em 2018, publicou a sua primeira monografia em inglês: "Race, Nation, and Gender in Modern Italy: Intersectional Representations in Visual Culture" (Palgrave Macmillan) estudo finalista do Prémio Gadda (Edimburgo) 2019, na categoria Estudos Culturais. Em 2020, irá publicar a monografia "Monsters, Catastrophes and the Anthropocene. A Postcolonial Critique" (Routledge).


Últimas Publicações

Capítulo em Livro

Pereira, Ana Cristina; Giuliani, Gaia; Santos, Rita; Roque, Silvia (2020), Analogia entre pandemia e guerra, in José Reis (org.), Palavras para lá da pandemia: cem lados de uma crise. Coimbra: CES

Ler mais

Capítulo em Livro

Pereira, Ana Cristina; Giuliani, Gaia; Santos, Rita; Roque, Silvia (2020), Discursos mediáticos e alteridade, in José Reis (org.), Palavras para lá da pandemia: cem lados de uma crise. Coimbra: CES

Ler mais

Capítulo em Livro

Giuliani, Gaia; Petrovich Njegosh, Tatiana; Giametta, Calogero (2020), Per un'analisi della memoria delle migra- zioni in Europa. Discorsi, (auto)rappresentazioni e propaganda, in Daniele Salerno, Patrizia Violi (org.), Straniero nel ricordo. Verso una memoria pubblica delle migrazioni. Bologna: Il mulino, 173-202