Jorge Figueira


Nota biográfica

Nasceu em Vila Real, 1965. É licenciado em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, 1992. É Doutorado em Arquitectura, especialidade Teoria e História, pela Universidade de Coimbra, 2009. Lecciona no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e no Programa de Doutoramento em Arquitectura da FAUP. É coordenador editorial do serviço de edições do Departamento de Arquitectura da FCTUC, Universidade de Coimbra. Publicou os seguintes livros: "Escola do Porto: Um Mapa Crítico", Coimbra, eIdIarq, DAFCTUC, 2002; "SMS:SOS. A Nova Visualidade de Coimbra", Coimbra 2003/Edições ASA, 2003, (Concepção e coordenação); "Agora que está tudo a mudar - Arquitectura em Portugal", Caleidoscópio, 2005; "A Noite em Arquitectura", Relógio d´Água, 2007; "Álvaro Siza. Modern Redux", Hatje Cantz, 2008 (editor). No seu trabalho crítico destaca-se o comissariado de exposições entre as quais: "Europa, arquitectura portuguesa em emissão", Núcleo de Portugal da Trienal de Arquitectura de Lisboa 2007 (co-comissário) e a exposição "Álvaro Siza. Modern Redux", Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil, 2008. Na área de projecto, colaborou no Centro de Estudos da FAUP, entre 1991 e 1996, onde realizou o Projecto de Reabilitação do Recinto do Palácio de Cristal, o restauro da Concha Acústica e o Restaurante do Palácio de Cristal, no Porto. Tem um projecto, em co-autoria, seleccionado no "Concurso de Ideias para o recinto da Expo'98", Lisboa, 1993. Desenvolve desde 1998 o projecto do Campus Universitário em Angra do Heroísmo, nos Açores. Neste Campus realizou, em co-autoria, o edifício de Aulas, Auditório e Biblioteca, (1999-2007). Projectou ainda o edifício dos Serviços de Acção Social (2006-2009), o edifício Interdepartamental (em construção) e o edifício da Associação de Estudantes. Faz parte da representação nacional na Bienal de Arquitectura de S. Paulo, 2009, com um projecto de uma escola para Benguela, Angola. Fez parte de vários júris, entre os quais, o do Prémio Secil, edição 2006/2007 e o painel de júris para Bolsas de Doutoramento da FCT, em 2009.


Últimas Publicações

Livro

Figueira, Jorge (2016), Arquitectanic. Os dias da troika. Lisboa: NOTE

Capítulo em Livro

Figueira, Jorge (2016), Did SAAL never happened?, in José António Bandeirinha, Delfim Sardo, Gonçalo Canto Moniz (org.), 74-14 Saal and Architecture. Coimbra: e|d|arq, Centre for Social Studies, Serralves, 237-242

Artigo em Revista Científica

Figueira, Jorge (2016), "Elvis de Macau, Relatos de uma distopia na China", Revista de História de Arte, IHA- FSH/UNL, 12: crise, 148-159