Apresentação

Apresentação

A Revista Crítica de Ciências Sociais, uma edição quadrimestral do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, publica artigos originais que apresentem resultados de investigação avançada e de reflexão teórica inovadora em todas as áreas das ciências sociais e das humanidades. A revista privilegia trabalhos com potencial transdisciplinar e que concorram para a discussão teórica, a reflexão epistemológica e o conhecimento crítico da realidade contemporânea à escala global. Acolhendo contributos relativos a todos os contextos geográficos, concede atenção particular a trabalhos que contribuam quer para um conhecimento crítico da realidade portuguesa e dos espaços de língua portuguesa, quer para a inovação teórica e epistemológica originária desses espaços e, de forma mais abrangente, do Sul global.

A RCCS privilegia a publicação de números temáticos, confiados a investigadores/as credenciados/as das respetivas áreas de especialidade, embora publique também em média um número não temático por ano. Toda a colaboração é submetida a um exigente processo de seleção e revisão baseada em arbitragem científica anónima (double-blind peer review).


Nota histórica

A Revista Crítica de Ciências Sociais foi fundada em 1978 por um grupo de docentes de Sociologia da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra sob a direção de Boaventura de Sousa Santos. A partir do nº 4/5 (outubro de 1980), passaram a integrar o Conselho de Redação também docentes da Faculdade de Letras da mesma Universidade, materializando a abertura de um espaço de diálogo entre as ciências sociais e as humanidades que tem desde então constituído uma das marcas da publicação. A Revista foi dirigida por Boaventura de Sousa Santos até dezembro de 2004, altura em que essa responsabilidade passou para as mãos de António Sousa Ribeiro. Em 2009 Claudino Ferreira assumiu essa função e, em 2015, foi a vez de José Manuel Mendes. Até ao presente, integraram o Conselho de Redação da RCCS os seguintes docentes e investigadores:

Ana Cristina Santos (2012-2015)
Ana Paula Relvas (2015--)
Alexandre Oliveira Tavares (2015--)
António Casimiro Ferreira (1993-1995; 2002-2004)
António Gama Mendes (1978-1989)
António Sousa Ribeiro (1980-2008)
Augusto Rogério Leitão (1978)
Boaventura de Sousa Santos (1979-2000)
Bruno Sena Martins (2012--)
Carlos Fortuna (1978-1995; 1996-2002)
Carlos Lencastre (1978-1983)
Chiara Carrozza (2016--)
Clara Keating (2009-2015)
Claudino Ferreira (1996-2015)
Elísio Estanque (2000-2008)
Elsa Lechner (2012-2015)
Fernando Ruivo (1978-1989; 1996-2000)
Graça Abranches (1983-1989)
Helena Machado (2015-2016)
Hermes Augusto Costa (2002-2012)
Jacques Houart (1978)
João Arriscado Nunes (1996-2004)
João Paulo Moreira (1990-1999)
João Peixoto (1990)
João Tolda (2000-2004)
José Castro Caldas (2009-2015)
José Manuel Mendes (1996-2008; 2015--)
José Manuel Pureza (2000-2004)
José Reis (1980-2000)
Lina Coelho (2015--)
Maria Adosinda Henriques (1990-1995)
Maria Ioannis Baganha (1996-2000)
Maria Irene Ramalho (1983-2002; 2015--)
Maria Manuel Leitão Marques (1983-1995)
Marianne Lacomblez (1978)
Miguel Cardina (2012--)
Patrícia Branco (2015--)
Paula Abreu (2000-2008)
Paula Duarte Lopes (2009--)
Pedro Hespanha (1978-2001)
Rita Serra (2012-2015)
Silvia Rodríguez Maeso (2009-2013)
Sílvia Portugal (2002-2012)
Teresa Tavares (2000-2015)
Teresa Toldy (2012--)
Tito Cardoso e Cunha (1980-1982)
Virgínia Ferreira (1981-1989; 1990-1993)
Walter Rossa (2015--)