Andreea Ogrezeanu


Nota biográfica

Atualmente sou membro do projeto JUSTFOOD, responsável pela pesquisa participativa na Romênia (pesquisa, entrevistas biográficas e semi-estruturadas). O projeto emprega métodos etnográficos para documentar as experiências da AFM na Romênia e em Portugal, em termos de culturas agroalimentares, histórias de regimes autoritários e movimentos de justiça socioambiental. Minha experiência acadêmica e profissional em vários projetos poderia ser resumida em algumas palavras-chave, tais como: sociologia e pesquisa antropológica (metodologias quantitativas e qualitativas), apenas estudos de sustentabilidade e impacto social, casas eficientes em energia e inteligentes. Defendi meu doutorado em dezembro de 2019, a pesquisa está focada no estudo de caso romeno de Smart Homes e sua relação com a eficiência energética. Minha pesquisa envolve, em primeiro lugar, uma preocupação conceitual e metodológica sobre a avaliação de impacto social em Smart Homes, ou seja, aquelas que integram várias tecnologias e automação para reduzir o consumo de energia de fontes convencionais. Na minha dissertação, proponho uma metodologia inovadora que contribui para a integração do impacto social nos processos de tomada de decisão relativos à implementação de Casas Inteligentes na Roménia. Para isso, criei um Índice de Impacto Social que consegue transpor várias avaliações de impacto, cada uma a partir de sua própria escala de medição e unidades em uma estrutura comum e unidade de medida e avalia o peso / importância de cada impacto: Argumento que através de tais ferramentas participativas e processos que envolvem todas as partes interessadas, as Casas Inteligentes podem se tornar uma intervenção planejada mais justa e sustentável. Ilustrar como incluir as partes interessadas nos processos consultivos em meu estudo de caso sobre casas inteligentes e eficientes em energia. A metodologia inclui uma combinação de ferramentas qualitativas e quantitativas, entrevistas e questionário baseado em questionário para coleta de dados de pessoas e instituições relevantes. Minha Licenciatura em Sociologia (estudos acadêmicos de longo prazo de 8 semestres, acordo pré-Bolonha. Este programa é equivalente ao primeiro e segundo ciclos do ensino superior que, seguindo o acordo de Bolonha, foram separados.) Tese sobre as favelas de Bucareste (em Romeno a palavra é "mahala", com etimologia turca. A pesquisa foi principalmente antropológica cultural (principalmente entrevistas de histórias de vida com habitantes de favelas), observando as conseqüências que a gentrificação em Bucareste teve sobre as comunidades marginalizadas (principalmente ciganas) de pessoas. A imigração maciça da população rural em Bucareste, no período entre guerras e após o estabelecimento do comunismo, distorceu a identidade das pessoas. As pessoas das áreas rurais tentaram manter a relação que costumavam ter com o meio ambiente e a alimentação, cultivando hortas urbanas e criando animais em suas varandas. Seguindo sua história do período entre guerras, tempo comunista e pós-comunista, ilustrei como os termos usados ​​para definir áreas residenciais refletem afiliações geopolíticas. Meus interesses em pesquisa social e antropológica também têm alcançado um público mais amplo sobre o tema da vida cotidiana de pessoas afetadas por transformações sociopolíticas durante o pós-comunismo. Por isso, criei meu próprio blog pessoal em romeno - Calatorul social (O Viajante Social) http://calatorulsocial.blogspot.com/ - onde publico histórias de vida de tais pessoas, desabrigados, deslocados, idosos e outros sujeitos vulneráveis ​​que encontraram em situações incertas e difíceis. Este projeto de história oral é realizado em meu próprio tempo livre ou colateral a outras pesquisas de campo que eu realizo. Eu faço entrevistas com pessoas que conheço nos lugares mais aleatórios. Desde que concordem, eu gravo nosso diálogo. Vinculo as histórias individuais com o contexto social, político e histórico mais amplo. Eu estou olhando para ver como diferentes eventos históricos refletem dentro de sua vida pessoal. As transcrições publicadas no blog têm como objetivo preservar a riqueza de sua fala oral. Acredito que o Projeto JustFood seja uma oportunidade para eu continuar minha paixão por pesquisa a esse respeito e espero que meu blog também se torne uma ferramenta de divulgação para o projeto em si. Ao longo da minha experiência profissional, ao longo de mais de 15 anos, utilizei conhecimentos de Sociologia em diferentes projetos que exigiam o desenvolvimento de metodologia de pesquisa social, em organizações empresariais e ONGs, em estudos como estudos de viabilidade, avaliação de necessidades, avaliação de impacto no desenvolvimento, impacto social. avaliação, desenvolvimento rural e proteção socioambiental) grupos vulneráveis, proteção à criança). Minha abordagem é focada em fornecer dados sobre o contexto social de um projeto ou intervenção planejada com a intenção de criar um diálogo e um processo participativo convidando todas as partes afetadas, especialmente onde é o caso das disparidades de poder. O desenvolvimento, se for considerado, precisa olhar para outros critérios de decisão, como bem-estar e sustentabilidade. Para um projeto recente, usei análises de conteúdo temáticas