Cláudia Castelo


Nota biográfica

Cláudia Castelo é investigadora pós-doutoral no projecto WUD - Os mundos do (sub)desenvolvimento: processos e legados do império colonial português em perspectiva comparada (1945-1975). É licenciada em História (1992) e mestre em História dos Séculos XIX e XX (1997) pela Universidade Nova de Lisboa, e doutora em Ciências Sociais - especialidade em Sociologia Histórica (2005) pela Universidade de Lisboa. Fez o curso de especialização em Ciências Documentais - Arquivos (Universidade de Lisboa, 1999) e uma unidade curricular de História Oral do 2.º ciclo (ISCTE, 2008). Entre 2009 e 2013, foi investigadora compromisso com a ciência no Instituto de Investigação Científica Tropical, onde desenvolveu um projecto sobre colecções e memórias das missões científicas às colónias portuguesas. De 2014 a 2018, foi investigadora FCT no Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, da Universidade de Lisboa, onde dirigiu o projecto "Field Scientists in the 'Luso-Tropical Setting': Knowledge, Ideology and Governance in Late Portuguese Empire" (IF/00519/2013). A sua investigação centra-se na História do imperialismo e do colonialismo (sécs. XIX-XX) e, em particular, na circulação das pessoas, das ideias e do conhecimento científico nos espaços de colonização portuguesa.


Últimas Publicações

Capítulo em Livro

Castelo, Cláudia (2019), Gilberto Freyre's concept of miscegenation and its circulation in the Portuguese Empire (1930s-1960s), in Warwick Anderson, Ricardo Roque, Ricardo Ventura Santos (org.), Luso-Tropicalism and its Discontents: The Making and Unmaking of Racial Exceptionalism. Nova Iorque e Oxford: Berghahn Books, 23-44

Artigo em Revista Científica

Ágoas, Frederico; Castelo, Cláudia (2019), "Ciências Sociais, diplomacia e colonialismo tardio: a participação portuguesa na Comissão Técnica na África ao Sul do Sara", Estudos Históricos, 67, 409-428

Artigo em Revista Científica

Castelo, Cláudia; Marques Alves, Vera (2019), "Sobre a distância entre a 'situação colonial' em Moçambique e o luso-tropicalismo. Carta de António Rita Ferreira para Jorge Dias com artigo anexo", Etnográfica, 23, 2, 417-438