Apresentação

O CES desenvolve um conjunto variado de atividades científico-culturais para públicos alargados, procurando disseminar os resultados da sua investigação e promover a cultura científica, empenhando-se ativamente na construção de espaços de contacto e diálogo intercultural entre os/as seus/suas investigadores/as e a comunidade.

Reunindo académicos, especialistas, técnicos e ativistas, o CES oferece um conjunto diversificado de ações de formação. Estas tanto podem dirigir-se a jovens investigadores no âmbito das CES Summer Schools, quanto a profissionais especializados como é o caso das profissões jurídicas e judiciais, através da atividades de formação da UNIFOJ, bem como a ativistas e líderes de movimentos no quadro das oficinas organizadas pela Universidade Popular Dos Movimentos Sociais (UPMS). As diferentes temáticas dos cursos de formação avançada podem ainda assumir uma natureza presencial, mais clássica, ou ser efetuada através das novas plataformas de e-learning, cada vez mais relevantes na oferta formativa do CES.

Entre as atividades de extensão do CES, destacam-se as iniciativas dedicadas a públicos mais jovens que visam promover a divulgação e o debate em torno do conhecimento produzido na instituição em diferentes áreas das Ciências Sociais e das Humanidades. O CES vai à Escola promove este debate dinamizando a sua discussão em escolas básicas e secundárias. E em colaboração com a agência Ciência Viva, estudantes do ensino secundário são convidados a debater o trabalho de investigação em estágios que se realizam na instituição. Estas atividades, entre as muitas que anualmente são promovidas, beneficiam da interação cruzada entre a investigação realizada, os programas de doutoramento, as publicações e as atividades de disseminação e promoção da cultura científica, constituindo um excelente exemplo de afirmação integrada e partilhada dos diferentes conhecimentos.

A Cátedra Brasil procura desenvolver, no CES, um intercâmbio científico aprofundado entre investigadores/as, doutorandos/as e pós-doutorandos/as do CES e investigadores/as brasileiro/as de excecional nível científico/cultural e a trabalhar em áreas temáticas de comum interesse.

Por fim, o CES beneficia, a nível nacional e internacional, de um conjunto vasto de redes e de protocolos que permitem potenciar colaborações com outras instituições e agentes, públicos e privados, produtores de conhecimento e atividades de disseminação dos resultados da investigação científica.