Elísio Estanque


Nota biográfica

Nasceu no Alentejo (Rio de Moinhos - Aljustrel), tendo frequentado o ensino secundário em Aljustrel, Liceu Nacional de Faro, Externato Marquês de Pombal, Lisboa. Com 16 anos fixou residência nesta cidade, onde trabalhou e continuou os estudos. Foi activista sindical e de diversos movimentos sociais no período revolucionário (1974-1975). Como trabalhador-estudante frequentou e concluiu a licenciatura em Sociologia no ISCTE - Universidade de Lisboa entre 1981 e 1985. Em Novembro de 1985 integrou a equipe de sociologia/ ciências sociais da FEUC, onde se mantém. Desde sempre foi irreverente, independente e crítico dos abusos de poder de todos os tipos; continua activista de diferentes causas de esquerda, mas é contra quaisquer seguidismos e alinhamentos cegos. Procura usar os seus conhecimentos e experiência ao serviço dos valores democráticos e do combate às injustiças sociais.


Últimas Publicações

Artigo em Revista Científica

Estanque, Elísio (2017), "A práxis do trote: breve etnografia histórica dos rituais estudantis de Coimbra", Sociologia & Antropologia, 7, 2, 429-458

Ler mais

Artigo em Revista Científica

Estanque, Elísio (2017), "Building the consent: Initiation rituals and student's culture: An essay at the University of Coimbra", Sociology & Antropology, 5, 10, 823-835

Ler mais

Livro

Estanque, Elísio; João Teixeira Lopes (orgs.) (2017), Caloiros e Doutores: um estudo sociológico sobre a praxe em Portugal (co-autor). Lisboa: Mundos Sociais